quarta-feira, 10 de agosto de 2016

"ALL BETS ARE OFF": Curta sobre capas: Record e A Bola, 10 de Agosto de 2016.

Façam as vossas apostas!!! Uma pessoa ainda ensonada a fazer a sua habitual consulta das capas dos jornais e depara-se com aquela ridícula contradição, diria até pouco habitual entre estas duas publicações em particular.

Capas de 10 de Agosto de 2016, do jornal A Bola e Record, respectivamente. 

É que nem do ponto de vista geográfica esta malta parece concordar. Que fontes credíveis serão estas que nem olhar para um mapa conseguem? Palpites de Silly Season, em estado puro. Confesso que esta novela já começa a chatear, principalmente tão perto da competição. Rafa Silva é um desejo antigo do Futebol Clube do Porto e do seu Presidente Jorge Nuno Pinto da Costa. Aliás, já anteriormente registaram-se declarações sobre o interesse na sua contratação.

"Comprar um suplente dos sub-21 por 20 milhões de euros não era disparate, era burrice". 

Talvez comprar um suplente do Campeão Europeu possa ser também um exagero, mas tudo bem... Acreditem que o valor já está definido. Por muita tentativa de inflacionar o seu valor, já não vale a pena. Falta agora saber quem recebe, quando recebe, e as respectivas comissões... Talvez, por tanto malabarismo, fosse mais interessante procurar alternativa noutro lugar, que haverá com toda a certeza! Em contraponto, sabemos que este é um valor seguro. E vamos pagar a "amigos", não é Jorge?

Recorde-se que foram várias as apostas para Treinador do Futebol Clube do Porto. Neste caso, nenhum jornal desportivo aposto em Nuno Espírito Santo. Mas a luta para ver quem "sabe mais" chegou definitivamente a Rafa Silva.

Primeira música que me veio à cabeça assim que vi esta discordância. 
Também aplicável à actual gestão de contratações do FC Porto. E à finalização de Rafa Silva na Supertaça.

Sigo confiante que veremos Rafa Silva de Dragão ao peito, mesmo considerando as limitações financeiras que o Futebol Clube do Porto sente e o interesse (natural) de outros emblemas na contratação deste jogador. José Peseiro já sabe que não irá contar com o jogador para 2016/17. Já Nuno precisa de mais um jogador para a posição e Rafa Silva tem qualidade suficiente para assumir a titularidade. De momento, tudo ainda pode acontecer.

Nem 1% disto se fez por Depoitre. Foi um negócio rápido, sem suspeitas, rumores ou valores palpitados. Mas também não havia Benfica pelo meio, logo não valia a pena... Espero que a sua contratação não tenha hipotecado qualquer ambição de reforçar o centro da defesa ou as alas do ataque. Espero também que Nuno Espírito Santo não tenha de utilizar esta opção de recurso muitas vezes. Sabe-se que não poderá jogar frente à Roma. Um lapso MUITO raro no Futebol Clube do Porto. Duvido que fosse útil já, dado o número reduzido de treinos no Futebol Clube do Porto, mas Nuno Espírito Santo queria contar com ele. Mais importante, acho muito estranho que tenha demorado tanto a chegar. Aqui surge Luciano D'Onofrio, que, segundo Jorge Nuno Pinto da Costa, ajudou a desbloquear o negócio. Atenção às contas para ver se houve saída de verba.

Foi mesmo isto que Nuno Espírito Santo pediu? É que o Presidente do Futebol Clube do Porto foi rápido a colocar todas as responsabilidades em cima do Treinador do Futebol Clube do Porto. Discurso que faz lembrar... Lopetegui.

No meio de capas de jornais, confesso que esta interessou muito mais.

Capa do jornal O JOGO de 10 de Agosto de 2016.

Crente. Portista.


Promova o debate. Comente e deixe a sua opinião.

Um abraço.

Sem comentários:

Enviar um comentário