sexta-feira, 13 de maio de 2016

“Últimos preparativos” – Antevisão: Futebol Clube do Porto vs Boavista FC (Liga NOS)

Sábado, dia 14 de Maio, a partir das 11h45 no Estádio do Dragão. Transmissão SportTV

Antecipa-se uma manhã primaveril, mas com algumas nuvens, para o derby da cidade Invicta. O Futebol Clube do Porto receberá no Estádio do Dragão o eterno rival Boavista para a última partida da temporada, a horário especial: 11h45, hora recorde para o Estádio do Dragão. Pedro Proença, Presidente da LPFP, salientou ontem, através do sitio oficial da LPFP, a importância desta experiência com o objectivo de abrir novos mercados e a entrada em destinos como a Ásia, que exigem esta adaptação, admitindo muita expetativa em relação aos valores da assistência no Estádio do Dragão para a partida e também para a audiência televisiva.

Como o próprio Pedro Proença salientou, é uma experiência. Creio que vale a pena tentar. Se o resultado for positivo para todos, não vejo porque não investir neste tipo de horários. No entanto, admito que continuo a preferir a noite ao dia, com o holofote a ser menos imprevisível que a luz solar para jogadores, nomeadamente os guarda-redes. Expectante e colaborante, mas não entusiasmado.

O jogo marcará a última paragem do Futebol Clube do Porto antes da final do Jamor. José Sá é a única novidade nos convocados de José Peseiro dentro de um grupo de 19 jogadores chamados para o derby. Os restantes 18 são os mesmo que se deslocaram a Vila do Conde.


Aposto no seguinte onze:
Powered by lineupbuilder.com

Mais do que uma “equipa de gala”, aposto nos 11 jogadores que creio que José Peseiro irá escolher para defrontarem o Sp. Braga na próxima semana. A excepção está apenas em Hélton, já que é certo que Casillas jogará frente ao Boavista. Sendo esta a última oportunidade para treinar em competição, parece-me mais do que natural que faça isto mesmo, apostando no onze com mais qualidade e em melhor forma.

De toda a forma, o jogo frente ao Boavista é para ganhar, independentemente da competição. Se o objectivo global é a final da Taça, não abdico de deixar um apelo para que não se pense SÓ no Jamor. Há que respeitar os adeptos que se vão deslocar ao Estádio do Dragão e que seguem a equipa, muitos desde a primeira jornada, frente ao Guimarães, mesmo com a temporada negativa que registamos até ao momento. Espero dificuldades acrescidas nesta partida, pois não só o adversário joga sem pressão, o que poderá dificultar a tarefa, como o árbitro desta partida será... Carlos Xistra, que apitou o Sp. Braga 3x1 FC Porto. Um final em beleza para Vítor Pereira, que estará a preparar-se para destacar Artur Soares Dias para a final da Taça de Portugal. O Presidente do Futebol Clube do Porto reiterou, numa das entrevista que deu ao Porto Canal, que o Benfica tinha ganhou a batalha na arbitragem, mas não a guerra. Creio que, com a eleição de José Manuel Meirim para o Conselho de Disciplina, e José Fontelas Gomes para o Conselho de Arbitragem, o nosso número de derrotas voltou a aumentar... O apito não é muito o meu "forte" mas confesso que estou particularmente apreensivo.

José Peseiro fez durante 5a feira a antevisão ao derby da Invicta

Se a equipa A entra em campo de manhã, a equipa B do Futebol Clube do Porto termina a sua participação vitoriosa na Segunda Liga em casa do Vitória SC B, mas na sexta, a partir das 20h. Deixo apenas uma mensagem de boa sorte a um conjunto que se habitou a ganhar, e que certamente quererá terminar com chave d'ouro o fantástico percurso desta temporada.


Céptico. Preocupado. Portista.

Promova o debate. Comente e deixe a sua opinião.

Um abraço.

Sem comentários:

Enviar um comentário