terça-feira, 31 de maio de 2016

Obrigado, José Peseiro.

O comunicado enviado à CMVM onde o Futebol Clube do Porto anuncia a rescisão com José Peseiro.

O comunicado é "curto e grosso". Em abono da verdade, era algo que já se especulava desde os dias que antecediam a final da Taça de Portugal e que a comunicação social foi insistindo, de forma diária, apresentando, sempre que se lembravam, alternativas. José Peseiro já não é o Treinador do Futebol Clube do Porto. Especulei anteriormente sobre a possibilidade de ficar por mais uma temporada, cumprindo o seu contrato, mas a vontade de mudança insistentemente indicada pela comunicação social confirmou-se.

Gostaria apenas de elogiar a coragem demonstrada por José Peseiro em assumir um lugar que muitos rejeitaram. Teve a bravura de assumir o comando de uma equipa, a meu ver, destroçada, desmotivada, desunida e decadente. Infelizmente não foi capaz de reverter a realidade. Os resultados, que já foram analisados anteriormente, foram manifestamente insuficientes, sem melhorias significativas na organização de jogo ou na moral dos jogadores. A final da Taça de Portugal perdida foi apenas um acréscimo, e, em certa medida, o retrato da temporada.

Obrigado, José Peseiro. Todos nós Portistas gostaríamos que alcançasses o sucesso no Futebol Clube do Porto, contrariando todas as dúvidas em torno da tua escolha. Infelizmente, não foi isso que aconteceu, e, por isso, justifica-se este desfecho.


Em jeito de despedida, José Peseiro dirigiu-se a todos os Portistas na sua página pessoal.


Confesso que, neste momento, me sinto menos preocupado, pois este desfecho era, a meu ver, o mais indicado. Mas não deixo de sentir preocupação. O Futebol Clube do Porto despediu o seu Treinador. O terceiro consecutivo. Treinador que foi escolha de Jorge Nuno Pinto da Costa, Presidente do Futebol Clube do Porto e que recolheu unanimidade dentro da SAD do Futebol Clube do Porto. O Presidente do Futebol Clube do Porto afirmou que José Peseiro era o seu Treinador, que ia cumprir o seu contrato e que estava a preparar a temporada 2016/17. Paleio que nunca aceitei e sempre desconfiei. Paleio que retira, pouco a pouco, a credibilidade a um Presidente que está no cargo há 34 anos. Também por isso, a SAD do Futebol Clube do Porto deve assumir total responsabilidade pelo falhanço completo que foi José Peseiro. Exige-se, por isso, uma justificação clara para o seu despedimento na próxima intervenção pública de Jorge Nuno Pinto da Costa.

Com o Futebol Clube do Porto sem Treinador, há que rapidamente apontar um sucessor. Julen Lopetegui foi afastado de forma célere após o empate em casa, frente ao Rio Ave. O Futebol Clube do Porto esteve 12 dias sem Treinador Principal, com Rui Barros a assumir o comando da equipa durante esse período. Desta vez, o Futebol Clube do Porto esperou 8 dias após a derrota no Jamor para afastar José Peseiro. Esperemos que o Futebol Clube do Porto, nomeadamente o seu Presidente, possa rapidamente apontar um sucessor, aprendendo com os erros do passado. Porque cada dia que passa é um dia perdido na preparação de um Futebol Clube do Porto campeão.

Pois, à hora a que escrevo, o Futebol Clube do Porto não tem Treinador. E isso é preocupante.


Céptico. Preocupado. Portista.


Promova o debate. Comente e deixe a sua opinião.

Um abraço.

2 comentários:

  1. "Pois, à hora a que escrevo, o Futebol Clube do Porto não tem Treinador. E isso é preocupante."

    Sem dúvida, altamente preocupante. Os jogadores devem estar tresmalhados no Olival sem regente para os orientar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Kostadinov, obrigado pelo comentário.

      Julgo que os jogadores do Futebol Clube do Porto estarão mais preocupados com as férias ou com as suas respectivas selecções do que com o próximo treinador do Futebol Clube do Porto. Mas cada um sabe de si...

      Eu, como sócio e adepto do Futebol Clube do Porto, e não como jogador, preocupo-me pelo facto do meu Clube ainda não ter um Treinador contratado e anunciado. Se o Treinador já está contratado, então anunciá-lo seria uma mera formalidade. Ou estão à espera que o tempo melhore para fazer o anúncio ao ar livre?

      Se, pelo contrário, o novo Treinador do Futebol Clube do Porto ainda não está definido, isso é, para mim, uma razão de preocupação.

      Mas, claro, há quem não se preocupe. Cada um sabe de si.

      Um abraço.

      Eliminar