quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

"Eu acredito" – Antevisão: Futebol Clube do Porto vs Borussia Dortmund (Liga Europa)


Quinta-feira, dia 25 de Fevereiro, às 20h05, na SIC


11 contra 11, e no final perdem os alemães. Eu acredito. E tu?

 
Ruben Neves regressa aos convocados depois do jogo frente ao Moreirense, onde cumpriu castigo, sendo a única novidade na chamada de José Peseiro para a partida de quinta-feira. Chidozie, por não estar inscrito nas competições europeias, cede-lhe o seu lugar. Jogo muito complicado pela frente, onde novamente o Futebol Clube do Porto e, em particular, a sua defesa, terão novo teste. Martins Indi não recuperou a tempo e não faz parte das opções de José Peseiro, que, desta vez, não chamou Diogo Verdasca.


Aposto no seguinte onze:

Powered by lineupbuilder.com

É, claro, um jogo de enorme dificuldade frente a um adversário de enorme valia, moralizado face aos recentes resultados e com uma clara vantagem construída na primeira-mão, há cerca de uma semana. Nesta equipa treinada por José Peseiro não são raros os momentos de recuperação e superação perante um resultado adverso. Mas essa necessidade advém, em primeira instância, de erros e distracções pouco usuais em profissionais de grande calibre e bem remunerados. São dois os golos de desvantagem para recuperar, sendo que, em ultima análise, caso esses erros e distracções ocorram novamente, o Futebol Clube do Porto deitará tudo a perder no início do jogo. Creio que José Peseiro deveria apostar em poucas mudanças. Se seria interessante premiar boas exibições como a de Suk, dando nova oportunidade ao sul-coreano para mostrar o seu valor, creio que Aboubakar irá regressar à titularidade. A condição física de André André tem tido meticulosa gestão por parte dos três Treinadores que assumiram a função durante esta época. Este jogo será outro em que, provavelmente, André André será preterido para fazer entrar Sérgio Oliveira no onze, pese embora a sua exibição menos conseguida no jogo da primeira mão. Por outro lado, o recuo de Danilo Pereira para o centro da defesa fará com que Ruben Neves seja chamado directamente para o onze, que vê também o regresso de Maxi Pereira, devolvendo Layún ao flanco esquerdo. Assim, dispensa-se a utilização do “duplo lateral” na direita, promovendo o regresso de Corona ao onze em jogos a contar para as competições da UEFA.

Um trabalho do Luís Adrego, da Adrego Design. Visitem a sua página no Facebook

O teste é duro e, ao contrário de jogos anteriores, não existe qualquer margem de erro. Um golo do adversário, especialmente se madrugador, deitará tudo a perder. Como adeptos fervorosos e ferrenhos, temos de acreditar nos jogadores que representam o Nosso Grande Clube e na sua capacidade em virar esta eliminatória. Como qualquer “portuga” típico, e também por força das limitações nas escolhas para o jogo na Alemanha, deixámos tudo para a última. Resta apenas saber se ainda vamos a tempo. É possivel!! Para cima deles PORTO! Quinta-feira, a partir das 20h05, na SIC.
 
Blog SUPER Porto.

Crente. Portista.

 
Promova o debate. Comente e deixe a sua opinião.

 
Um abraço

Sem comentários:

Enviar um comentário