terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Contratações de Inverno: Moussa Marega e José Sá

Depois de Suk, Moussa Marega e José Sá ingressam no Futebol Clube do Porto durante o marcado de Inverno

Além dos 3 pontos conquistados contra o Marítimo, dois jogadores da equipa Insular ficaram na cidade Invicta para ingressar ao Futebol Clube do Porto. São eles o guarda-redes José Sá e o avançado Moussa Marega.


A crónica jornalística desportiva sublinhou durante vários dias que estes dois jogadores, com especial foco para Moussa Marega, que poderiam ingressar num outro clube rival. Aliás, ainda no dia de ontem, mais do que um jornal registou na sua capa negociações avançadas por ambos os jogadores rumo à capital. Verifica-se, assim, uma vez mais, o desvio para o Porto de pretendidos em Lisboa. Consulte alguns dos casos aqui.


O Português dispensa grandes apresentações. Quem seguiu o último Europeu de Sub-21 registou a grande qualidade desta esperança do Futebol Português. A sua contratação vem ao encontro de rumores que davam-no, no verão, como certo no Futebol Clube do Porto. Com a oportunidade de contratar Casillas, José Sá não ingressou no Futebol Clube do Porto.


Já Moussa Marega é jogador do Marítimo desde Janeiro de 2015. Ora no flanco direito, ora na frente de ataque, participou em 34 partidas, 31  como titular, marcando 15 golos. A imponência física é o seu principal atributo, que ficou evidente para os Portistas na partida para a taça da liga frente ao Marítimo, ainda no ano de 2015, quando fez uma excelente exibição. 


Ambos assinaram contratos até Junho de 2020. As cláusulas de rescisão são de 30 milhões de €uros para o Português, e 40 milhões de euros para o internacional pelo Mali. 

Marega e José Sá já estiveram às ordens de José Peseiro. Global Images / Fábio Poço via www.zerozero.pt


São mais contratações do que propriamente reforços. Ambos acrescem o número de opções à disposição de José Peseiro, mas ficam-se por aí. Nenhum parece entrar directamente no onze do Futebol Clube do Porto, que deve ainda manter uma estrutura semelhante à promovida por Julen Lopetegui. Marega deverá chegar para ocupar a vaga deixada por Tello, que rumou à Fiorentina. Até herdou o seu número. No entanto, não se denota qualidade suficiente para remeter Corona ou Brahimi para o banco de suplentes. A capacidade física tenta disfarçar a falta de qualidade técnica durante vários momentos de jogo. A entrada de Silvestre Varela na parte final do partida frente ao Marítimo deu a entender uma tentativa de alteração do sistema táctico, com mais um homem adiantado na frente e dois médios claramente de perfil, à frente da defesa. Nessa situação, Marega poderá ser o escolhido para acompanhar Suk ou até Aboubakar na frente de ataque. Em alternativa, poderá ocupar uma das faixas, promovendo o mexicano ou o argelino para uma posição mais interior. O histórico de contratações ao Marítimo nem sempre é positivo. Que os exemplos de Kléber, Djalma, Sami ou Leo Lima não se repitam.


Quanto a José Sá, o caso ainda é mais complicado de justificar. Casillas tem sido o escolhido para ocupar a baliza, sendo Helton o escolhido para os jogos das taças internas. Assim, Raúl Gudiño ainda não fez qualquer minuto pela equipa A do Futebol Clube do Porto. Não se espera que esta realidade se altere com a chega de José Sá. Aliás, correm rumores que o Português poderá rumar ao Paços de Ferreira, por empréstimo, tendo mais oportunidades de jogar lá até ao fim da temporada, fruto da saída de Marafona para o Braga. Deve assim acrescentar a uma lista de guarda-redes emprestados pelo Futebol Clube do Porto a outros clubes.


Consta que os jogadores custaram no total 5 milhões de €uros. Até surgirem mais informações sobre o negócio, presume-se que o Futebol Clube do Porto adquiriu a totalidade do passe de Moussa Marega e 75% de José Sá, já que 25% deve continuar a pertencer ao seu clube de formação, o Benfica. Presume-se também que, ao contrário de Danilo Pereira, o Futebol Clube do Porto adquiriu ambos os jogadores ao Marítimo. O que é facto é que os negócios com o clube insular continuam. Duas contratações, a meu ver, pouco baratas para o que podem acrescentar. 


Ao Porto Canal, O Presidente do Futebol Clube do Porto Jorge Nuno Pinto da Costa revela que os jogadores foram ambos desejos de José Peseiro e que o negócio ficou fechado apenas às seis da manha de segunda-feira.


Nota para as escolhas de José Peseiro para o jogo de amanhã frente ao Feirense. Com o Futebol Clube do Porto já eliminado da competição, o jogo será aproveitado para que o novo Treinador possa ver outros jogadores em acção. Casillas, Maxi Pereira, Bruno Martins Indi, Marcano, Brahimi, Aboubakar, Herrera, Corona, André André, Miguel Layún, e Danilo ficam de form. A lista de convocado é composta por Helton, Raúl Gudiño, Maicon, Rúben Neves, Varela, Sérgio Oliveira, José Angel, André Silva, Imbula, Suk, Víctor García, Maurício, Pité, Francisco Ramos, Rodrigo, Gleison, Chidozie e Omar Govea.

Josué foi emprestado ao Braga até ao fim da temporada. Seria certamente um desejo de Paulo Fonseca, que trabalhou com o médio Português em Paços de Ferreira e fê-lo regressar ao Futebol Clube do Porto pela sua mão. Depois de ano e meia na Turquia, regressa agora a Portugal.


Promova o debate. Comente e deixa sua opinião.
Um abraço.

Sem comentários:

Enviar um comentário