domingo, 10 de janeiro de 2016

Antevisão: Boavista FC vs Futebol Clube do Porto (Primeira Liga): Derby da Invicta

Às 18h15 joga-se o Derby da Invicta no Estádio do Bessa.

Rui Barros irá sentar-se pela primeira no banco de suplentes como o treinador principal do Futebol Clube do Porto num jogo a contar para a Liga Portuguesa. Como Portista, gostaria de lhe desejar as maiores felicidades enquanto assumir esse cargo de tão elevada responsabilidade e que sustenta a esperança de milhões de sócios, adeptos e simpatizantes. És um de Nós, Rui. Estamos contigo.

Na ressaca do empate com o Rio Ave poderemos esperar poucas alterações à estrutura da equipa. O Futebol Clube do Porto está neste momento em “gestão” e Rui Barros decidiu apenas convocar quatro defesas. Veremos se tem alguma ideia especial em mente ou se apenas pretende dar descanso competitivo a Maicon. Recorde-se que a “fadiga muscular” tirou um mês de competição a André André e, desde a assobiadela monumental que levou, por culpa de uma decisão de Lopetegui que os adeptos não gostaram, Bueno ainda não foi visto nos convocados. Agora é Maicon que padece da mesma maleita.

Aposto no seguinte onze:
 
Powered by lineupbuilder.com

Haverá certamente a possibilidade de recuar Danilo Pereira para central, ao lado de Martins Indi. Será uma primeira oportunidade para medirmos as diferenças de opiniões de Rui Barros e o anterior treinador. Não só no alinhamento, mas também na forma de jogar. O tempo para qualquer alteração foi curto. De qualquer forma, espera-se mais Futebol Clube do Porto. Mais motivação e raça na representação de uma camisola que sustenta um emblema com enormes conquistas e sucesso. Hoje é pelo Futebol Clube do Porto. Hoje é para enviar uma mensagem a todos os Portistas que, a partir de agora, será diferente. Hoje será para avisar todos os adversários que nos deixaram de respeitar para pensar duas, ou três, ou quatro vezes, antes de acreditarem que têm uma hipótese de conquistar pontos ao Futebol Clube do Porto. Hoje começa um novo ciclo. Ainda há muito por alcançar.

Uma última mensagem para todos os Portistas. Para os que vão entrar “on tour” com a equipa nos próximos quatro jogos fora de casa. Para os que vão ao café e ficam focados na TV. Para os que ficam no sofá ligados às redes sociais e a serem “Inácios”. Existe algo que une vasta maioria dos Portistas, grupo no qual eu me incluo: queríamos que Julen Lopetegui fosse afastado do comando técnico da equipa principal. Esse desejo foi-nos concedido. Cabe agora a todos nós que pedimos a cabeça do treinador dar a cabeça por essa decisão e pelo clube. É altura de esquecer o assobio em casa, deixar a pipoca para depois e enviar uma mensagem de apoio para o que é nosso e àqueles que nos representam. Tal como vós, pedi mudança. Agora há que assumir a responsabilidade por ela. TODOS AO BESSA!!

TODOS AO BESSA!!!!


Quanto à escolha do novo treinador, todos palpitam. Os meios de comunicação social julgam que o Futebol Clube do Porto finalmente merece ser notícia. Sempre no desastre, nunca na vitória. Lançam todo o tipo de nomes para a discussão pública, normalmente com duplos propósitos. Veja-se o palpite do CM. Ridículo. Tenho o meu desejo, claro! Como todo o Portista. Mas apenas prefiro traçar o perfil: Português, com experiência anterior num grande, capaz de propor um futebol ofensivo e rápido e que possa criar um ambiente de balneário positivo. Difícil? Claro. Mas bem pago para assumir essa responsabilidade. Julen Lopetegui auferia 3 milhões de €uros por ano. Julga que o próximo virá por menos que isso? Que o próximo faça com que o bom futebol substituía a pipoca vendida no Dragão.

Nota para a possibilidade de empréstimo de Rafa à Académica até fim da temporada. No caso de Luís Castro ter de assumir o comando da equipa A do Futebol Clube do Porto, penso que fica assim comprometido o objectivo da equipa B tentar acabar a temporada em primeiro na Segunda Liga. Suk, segundo o zerozero.pt, é jogador do Futebol Clube do Porto. Esta informação ainda carece de confirmação. Certo é que o jogador tem intenção de ingressar no Futebol Clube do Porto. Faltava acertar os pormenores com o Vitória de Setubal, detentor de 70% do passe do jogador. Kelvin também regressa ao Futebol Clube do Porto, depois do empréstimo ao Palmeiras. Ainda é incerto o futuro do jogador.

Promova o debate. Comente e deixe a sua opinião.
Um abraço e até à próxima.

Sem comentários:

Enviar um comentário